Fórum de Buritis adere a greve do TJMG por tempo indeterminado

Na sexta-feira (22) os servidores do Fórum de Buritis, assim como os demais servidores do judiciário mineiro, deram início a uma greve que reivindica reajuste salarial. Segundo o Sindicato dos Servidores da Justiça de 2ª Instância do Estado de Minas Gerais (Sinjus-MG), o motivo da paralisação se deve ao valor do vencimento básico pago aos servidores da Justiça de Minas, que é de R$ 2.162,61 para o nível médio e R$ 3.386,73 para nível superior.

Segundo o Sinjus-MG, esses valores são inferiores aos vencimentos básicos de servidores de outros 20 estados, como o Rio Grande do Norte, por exemplo, que é de R$ 5.928,70.

Em Buritis o atendimento não foi totalmente suspenso, porém dos 12 funcionários efetivos do Fórum, apenas 4 estarão atendendo no período da paralisação, que tem duração de tempo indeterminado.