Policial Militar de Buritis é preso por assassinato de mulher em Unaí

Na tarde de quarta-feira (14), o cabo da Polícia Militar de Buritis Ricardo Cardoso, de 36 anos, foi preso acusado de matar Michele Cunha Borges a facadas.

O crime ocorreu por volta de 16h no apartamento em que a vítima morava, no 4º andar de um prédio na rua Alba Gonzaga no centro da cidade de Unaí-MG. Michele, de 36 anos, foi assassinada com três facadas no peito.

A Polícia Militar acredita que o crime teve motivação passional e que o militar mantinha um relacionamento extraconjugal com a vítima.

Em nota divulgada no final da tarde, a corporação explicou a prisão. “Após levantamentos no sistema de monitoramento das proximidades do local do crime, o militar foi preso pela própria PM quando chegava na cidade de Buritis e estava com a camisa com manchas de sangue”.

Imagens do corpo da vítima circularam por redes sociais e levantaram a hipótese de que a vítima estaria grávida, o que foi desmentido por peritos. Michele era natural de Patos de Minas-MG, morava em Unaí e não tinha parentes na cidade.

Cardoso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Buritis e em seguida transferido para Unaí. De acordo com a polícia, será aberto um “processo administrativo demissionário visando a sua punição rigorosa e exemplar.”