Buritis 56 anos: Esportes e cavalgada

Futebol, vôlei, peteca, ciclismo e cavalgada foram as atrações em comemoração aos 56 anos de emancipação política de Buritis.

As finais do campeonato de Vôlei de Areia e Peteca, modalidade masculina e feminina, deram o pontapé inicial na programação esportiva no dia 28 de fevereiro. Os jogos aconteceram no início da noite na quadra de areia na praça da CASEMG, que recebeu um bom público.

Na categoria masculina de vôlei, a dupla Guilherme e Ítalo venceram Cauã e Kelvin, conquistando o título. Selena e Simone superaram Fernanda e Camila e garantiram a vitória no feminino.

No mesmo espaço, após as finais do vôlei, foi a vez da Peteca. A dupla Elvécio e Eli ficaram com o título. O vice-campeonato ficou com a dupla Tiago e Daniel Prisco e o terceiro lugar com Iago Mamute e Alexandre 3M.

Na sexta-feira, dia 1º de março, aniversário da cidade, os eventos esportivos iniciaram pela manhã com o Desafio de Mountain Bike, que contou com a participação de 20 ciclistas, segundo a Secretaria de Esportes. O grupo se reuniu para um percurso de 55 quilômetros.

No mesmo horário pela manhã, cavaleiros e amazonas se preparavam no Haras AMN para cavalgada que percorreu algumas ruas de Buritis e foi finalizada no Parque de Exposições com almoço e apresentações musicais.

No final da tarde a bola rolou no gramado do Campo Municipal para as finais da Copa Buritis categorias A e B.

Atual campeão, o Bandeirantes se manteve no topo da categoria B ao vencer o Vila Nova por 2 a 1, e ainda ter no individual o artilheiro Ratinho com 6 gols. A defesa menos vazada ficou com Tião do time Águia.

Na categoria A, a disputa do título foi dramática. Após empate no tempo normal em 1 a 1, Kichute e Elétrica Pimentel decidiram nos pênaltis. Com placar de 3 a 2, o Kichute soltou o grito de campeão. Iago Mamute da equipe Lojas do Cesar foi o artilheiro (8 gols) e Everton do Elétrica Pimentel foi o goleiro menos vazado.