Maus tratos contra animais em Buritis

Um caso de maus tratos a animais foi registrado na sexta-feira, dia 6, em Buritis. Um gato foi encontrado em um caminhão de lixo dentro de uma sacola amarrada e só não foi esmagado porque os garis viram o saco se mexendo.

O vídeo foi publicado na internet e causou revolta entre os internautas. O animal foi levado para um veterinário pela Associação Buritisense de Proteção aos Animais. Infelizmente ele não resistiu e morreu na manhã de segunda-feira, dia 9 de março.

A associação foi criada em 2019 e registrada oficialmente esse ano. Conta conta com apoio da prefeitura que cedeu o canil municipal para hospedar os animais. Porém, é necessário um espaço maior e apropriado para deixar os animais doentes separados.

Segundo o art. 32 da Lei 9.605/1998 (Crimes Ambientais), é penalizado o infrator que comete crime de maus-tratos, isto é, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A punição é três meses a um ano de detenção, e multa.