Preso morre com 53 pedras de crack na barriga

Um detento que cumpria pena em regime semiaberto na penitenciária de Unaí morreu no último dia 23, segunda-feira, depois de uma overdose de crack. Os médicos encontraram pelo menos 53 pedras de crack em seu estômago. Segundo o delegado de Buritis Dr. Pedro Henrique Cunha, responsável pelo caso, o homem ficou fora do presídio por sete dias e morreu dentro de um ônibus próximo à cidade de Chapada Gaúcha (MG).

Em entrevista à radio Transamérica FM, o delegado disse que o preso tinha autorização apenas para ir até Belo Horizonte, mas aproveitou a saída para fazer o transporte da droga até Arinos, sendo que no caminho o invólucro da droga se rompeu. O delegado afirmou que essa é a terceira ocorrência recente na região desse tipo de tráfico, e a suspeita é que uma quadrilha utilize “mulas” para que o crack adentre as penitenciárias. O preso cumpria pena por tentativa de homicídio, crime cometido na cidade de Jaíba, no Norte de Minas.