Operação da Polícia Civil prende quadrilha de Buritis

ATUALIZADO EM 06/05/2013 15h52

Na madrugada de sexta-feira (03) quatro equipes do 16º Departamento da Polícia Civil de Minas Gerais se reuniram nas proximidades da entrada de Buritis e desencadearam a operação “Boas Vindas”, motivada pela tentativa de homicídio contra um menor. O objetivo da operação foi o cumprimento de três mandados de prisão e um mandado de apreensão provisória de um menor infrator, além de quatro mandados de busca e apreensão.

A operação Boas Vindas foi liderada pelo novo delegado de Buritis, Dr. Gustavo Henrique Ferraz, e contou com a participação de quinze policiais civis de Buritis, Unaí e Arinos, sendo quatro delegados de polícia, dez investigadores e um escrivão.

De acordo com o delegado três homens foram presos e um menor apreendido, todos integrantes de uma quadrilha em atividade na cidade. No mês de abril uma briga nas proximidades da Escola Estadual Anália Carneiro dos Santos provocou um acerto de contas que resultou em uma tentativa de homicídio contra um menor. A polícia suspeita que a quadrilha tenha feito disparos contra a vítima em retaliação à briga ocorrida na escola.

Nas residências dos suspeitos foram apreendidas várias facas, celulares, seringas, R$ 400 em dinheiro, um papelote com cocaína e várias embalagens vazias típicas do comércio de drogas. Seis galos da raça Índio Japonês utilizados em rinhas de galos também foram apreendidos.

Segundo a polícia, os presos possuem extensa folha de antecedentes criminais – nos mais variados crimes, como roubo, porte ilegal de arma de fogo, furto, ameaça e tráfico de drogas.