Polícia Civil de Buritis participa de operação e prende mulher em Uruana

Na manhã de quinta-feira (06) a Polícia Civil de Buritis participou de uma operação em conjunto com a Polícia Federal e prendeu uma mulher na cidade de Uruana de Minas. A operação “Piratas do Asfalto” prendeu 27 pessoas de uma quadrilha de roubo de cargas que atuava em 7 estados do Brasil. A quadrilha é acusada de roubar mais de R$ 50 milhões em mercadorias, agindo de forma violenta contra motoristas de caminhão nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Ceará, Pará e Tocantins.

Uma equipe policial chefiada pelo delegado de Buritis Dr. Gustavo Ferraz cumpriu dois mandados de prisão e um mandado de busca e apreensão em Uruana de Minas. Uma mulher foi presa suspeita de manter ligações com a quadrilha. Segundo a Polícia Federal, o grupo é investigado há mais de um ano e conta com a participação de alguns motoristas de caminhões e carretas, que ajudavam a desviar os produtos e depois registravam boletins de ocorrência. Os policiais também suspeitam do envolvimento de funcionários das empresas de monitoramento e segurança das cargas no esquema.

Durante o período a PF monitorou 17 casos de roubo de cargas realizados pela quadrilha, tendo recuperado só em máquinas agrícolas o equivalente a R$ 3,6 milhões. 12 pessoas em diversos estados já haviam sido presas pelo roubo de produtos alimentícios, eletrônicos e materiais de construção e cerca de 200 policiais participam da ação. Os criminosos vão responder por formação de quadrilha, furto qualificado, roubo, receptação qualificada e falsa comunicação de crime.

Um comentário

  1. Sociedade consciente
    Policia eficiente