Autoridades eleitorais planejam eleições 2018 em Buritis e Formoso

Participaram de uma reunião na segunda-feira (1º) no Fórum de Buritis, o juiz eleitoral, Dr. Renato Polido, o promotor representante do Ministério Público Eleitoral, Dr. Tarik Barroso de Araújo, o chefe do Cartório Eleitoral Patreze Andrade Armond, a analista judiciária da Justiça Eleitoral, Letícia Campos de Almeida, a delegada da Polícia Civil de Buritis Dr.ª Vanessa Araújo Santos e o capitão da PM Márcio Aragão Guida Vargas. Durante o encontro foram tratados assuntos referentes a logística e segurança das eleições 2018 em Buritis e Formoso-MG.

Entre os assuntos abordados estavam a segurança na entrega e o recolhimento das urnas nas duas cidades no dia da eleição. Buritis receberá 65 urnas e em Formoso serão distribuídas 21 urnas eletrônicas. Segundo Patreze Armond, 14 urnas ficam de reserva para atender qualquer eventualidade nos dois municípios.

De acordo com as autoridades, no dia 7 de outubro quem for pego fazendo boca de urna, transporte irregular de eleitores ou perturbar os trabalhos da Justiça Eleitoral poderá ser conduzido e será registrada uma infração, além de ser feito um auto de prisão em flagrante.

As propaganda em rádio e TV estão permitidas até o 4 de Outubro. Passado esse prazo o cartório eleitoral estará atento quanto à propaganda irregular, prazos e proibições.

Faz parte do esquema de segurança a fiscalização e patrulhamento em locais de votação com o intuito de garantir a ordem no processo eleitoral, resguardando ao cidadão o direito ao exercício do seu voto.

O período de campanha política teve início no dia 16 de agosto e dura 45 dias. A votação irá eleger deputado federal, deputado estadual, 1° senador, 2° senador, governador e presidente.