19 de março será o dia “D” da mobilização contra dengue em Buritis

No dia 19 de março, terça-feira, haverá uma grande mobilização pelas ruas de Buritis para o combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Desde o início do ano os casos confirmados principalmente de dengue tem tirado o sono da população. Com a mobilização marcada para ter início às 07h de maneira simultânea em todos os bairros, a Secretaria de Saúde acredita que os casos tendem a diminuir.

Na tarde de quarta-feira (13) o auditório da prefeitura recebeu pessoas de vários segmentos: educação, saúde, igrejas, comércio e segurança. A imprensa local também acompanhou a audiência pública que traçou estratégia de combate ao mosquito Aedes.

O debate durou 1 hora e diante de várias sugestões, como por exemplo do prefeito em exercício, Rufino Folador (PRB), que sugeriu fixar nos imóveis que forem impedidos pelos proprietários a entrada de agentes de endemias, faixas nas cor vermelha, alertando sobre perigo, indicando que naquele local existe um possível foco do mosquito. Para Rufino, esse alerta pode fazer com que o proprietário se sinta “envergonhado” e faça sua parte para eliminar os focos ou permitir a entrada de profissionais da saúde no imóvel.

A sugestão do prefeito foi bem recebida pelos participantes na audiência. A princípio a aplicação de multa foi descartada, embora boa parte acredita que seria uma alternativa eficaz. No entanto, a conscientização incluindo o papel das escolas, intensificando na sala de aula, trabalhando com as crianças o tema, foi positivo, assim como também, o trabalho das igrejas. Padres e pastores tem um convívio próximo e respeitoso da população. Esse trabalho pode fazer com que a população acorde para a grave situação que vive o município.

Michaely Monik, secretária de saúde saiu satisfeita com o resultado da audiência pública. Ela acredita que com a mobilização haverá redução nos casos de dengue e de focos do mosquito.

“Nós saímos daqui esperançosos de que realmente o número de casos suspeitos da dengue vão diminuir, que o número de focos vão diminuir” disse Michaely ao Mais Buritis

O sargento Wagner da Polícia Militar Ambiental, representando a Polícia Militar (PM), declarou apoio a mobilização do dia 19 de março e que a PM estará a disposição para acompanhar e dar segurança aos participantes.  

Último balanço divulgado pela secretaria de saúde mostra o crescimento de casos confirmados e notificados da dengue, assim como os focos de mosquitos. Confira no gráfico abaixo.