Maio Amarelo tem ação educativa em Buritis

O mês de maio é dedicado a conscientização dos motoristas para o trânsito. Em todo o país são realizadas ações para redução de acidentes durante o chamado “Maio Amarelo”. Na segunda-feira (27) a Polícia Militar Rodoviária e a Secretaria de Saúde de Buritis promoveram um dia de ação na Vila Serrana.

Os policiais abordaram os veículos que trafegavam pela rodovia, entregaram panfletos da campanha e passaram orientações aos motoristas. Uma equipe de saúde de Buritis montou uma base de atendimento no local com exame rápido de glicemia e aferição de pressão dos condutores.

O local foi escolhido por estar a poucos quilômetros da Serra Olhos D’Água, na MG-400, trecho perigoso e de muitos acidentes, principalmente envolvendo caminhões.

Durante a abordagem de caminhoneiros, os policiais rodoviários perguntavam se o condutor já conhecia a rodovia e os orientavam para que trafegassem com cautela, velocidade baixa e com o uso do freio a motor.

Também foi realizada uma palestra para alunos da Escola Municipal Professor Anatólio.

No trânsito, o sentido é a vida”.
O tema desse ano propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade, estimulando os condutores, passageiros e pedestres dos mais diversos meios de locomoção, a optarem por um trânsito mais seguro. A campanha começou no dia 1º de maio e termina no dia 31 do mesmo mês.

Como surgiu a campanha
Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para a redução dos acidentes de trânsito. A proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) decretou no dia 11 de maio de 2011 a Década de Ação para Segurança no Trânsito e o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza.

A cor amarela foi escolhida, segundo a ONU, porque ela simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.