Reaprendendo a Sonhar: Grupo de apoio a pacientes com câncer em Buritis

Recuperar a autoestima, buscar forças para enfrentar o câncer e amenizar o sofrimento dos pacientes. É com esse objetivo que a Clínica Médica Buritis e a psicóloga Marina Duarte criaram o Grupo de Apoio às Pessoas Portadoras de Câncer e seus Familiares intitulado “Reaprendendo a Sonhar”. O primeiro encontro aconteceu na noite de sexta-feira (5).

Pessoas em tratamento de algum tipo de câncer compartilharam suas experiências. É uma forma de encarar o tratamento longo e doloroso. 

A ideia do grupo de apoio foi da psicóloga Marina Duarte. Ela apresentou o projeto para os proprietários da clínica que gostaram e deram total apoio a iniciativa.

“Eu vi que não existia um grupo de apoio aqui em Buritis. Então desenvolvi um projeto, apresentei para Thaís e o Cícero da clínica e eles adoraram a ideia. A gente sabe que é um trabalho a longo prazo. O câncer hoje é muito estigmatizado. Os pacientes ainda têm vergonha, tem medo de se expor. É esse estigma que a gente quer quebrar também” ressaltou Marina

Para Thais Campos, da Clínica Médica Buritis, apesar de todo apoio em transporte e casas que hospedam pacientes oferecidos pelos órgão públicos para tratamento em outras cidades, ainda falta o diálogo, que é muito importante nessa etapa.

“Por mais que os órgãos públicos forneçam apoio no transporte e hospedagem nas cidades onde eles fazem o tratamento. Eu acredito que ainda falta muito esse apoio psicológico. Alguém conversar, orientar e dar ideia do que vai ser daqui para frente”, destacou Thais.

Antônio Veloso tem 82 anos de idade e disse estar feliz com o primeiro dia do grupo de apoio.

“Eu achei muito bom. Porque não tendo uma pessoa para nos animar, você está tratando, mas esmorece e a gente precisa de pessoas para nos ajudar”.

Janine Gabriela está na fase final do tratamento contra o câncer de pele e para ela, o grupo de apoio pode ajudar os pacientes e também a família.

“As pessoas que já passaram pelo que estamos passando, poderão nos dar mais apoio, nos orientar e também orientar a nossa família sobre o que a gente está passando”.

O atendimento gratuito do Grupo é de duas vezes no mês, sendo na primeira e terceira terça-feira com horário fixo às 19h na Clínica Médica Buritis. Além dos pacientes em tratamento, o grupo é aberto para famílias.