Diretor da EFAN, esposa e filho morrem em acidente na BR-251 no DF

Uma colisão frontal entre dois carros tirou a vida de três pessoas de uma mesma família e de outro motorista na manhã de segunda-feira (30) na BR-251, no Distrito Federal. A colisão foi próximo à entrada do aeródromo Botelho, na saída de São Sebastião/DF, sentido Unaí/MG. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do VW Voyage, Moisés Suzarte Lima Macedo, 33 anos, estava em surto ameaçando se matar e jogou o carro na contramão, atingindo o EcoSport com cinco pessoas. Com o impacto, o EcoSport capotou e parou fora da pista.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) informou que estava rastreando o Voyage por meio do GPS, porém, antes de encontrá-lo, recebeu a informação de um acidente na rodovia envolvendo o veículo. O motorista morreu no local.

O EcoSport era conduzido por Clene Vinícius Gontijo. Ele estava acompanhado da esposa Rosilene Gonçalves, do filho João Miguel, de um ano, e dos passageiros Cleusa Tereza Andrade e Wesley Ribeiro de Freitas. Clene, a esposa e o bebê morreram local.

Segundo os Bombeiros, Cleusa teve traumatismo cranioencefálico e foi levada, inconsciente, ao Hospital de Base do DF (HBDF). Wesley foi transportado consciente, mas com escoriações, ao Hospital Regional do Paranoá (HRPA).

Clene era diretor da Escola Família Agrícola de Natalândia/MG (EFAN) e estava indo para Brasília/DF. A sua esposa Rosilene era uma das monitoras da escola. 

A EFAN divulgou um comunicado de pesar. A instituição cancelou a 5ª edição do Terreiro Cultural que estava marcada para acontecer de 3 a 5 de outubro.