Cartório Eleitoral de Buritis faz carga e testes nas urnas eletrônicas

As urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições municipais deste ano em Buritis e Formoso estão passando por testes de desempenho para avaliar os sistemas de transmissão e recebimento de informações. No último final de semana, a equipe do Cartório Eleitoral de Buritis fez plantão para realizar os testes, que foram acompanhados pelo Juiz da Comarca de Buritis, Hugo Silva de Oliveira.

São 67 urnas eletrônicas. 50 vão para 50 seções distribuídas em 19 locais de votação aqui em Buritis. Outras 17 urnas vão para Formoso, onde serão instaladas em 4 locais de votação. Há ainda 7 urnas de contingência, para uma eventual troca caso ocorra algum problema nas urnas que estão nas seções. Todas elas passam por testes antes por uma equipe de técnicos autorizados pela justiça eleitoral.

Implantada no Brasil em 1996 a urna eletrônica funciona de forma isolada, ou seja, não possui nenhum mecanismo que possibilite sua conexão a redes de computadores, como a internet. Elas ainda possuem baterias de longa duração e o cartório eleitoral recebe outras baterias de reserva.

Durante a semana as urnas serão submetidas a mais uma fase de testes, já com os dados dos candidatos inseridos no sistema. As urnas serão instaladas nos locais de votação na madrugada de domingo (15), dia da votação.

Em função da pandemia de Covid-19, o horário de votação foi estendido pela Justiça Eleitoral. Idosos terão prioridade das 07h às 10h. Os demais eleitores não serão proibidos de votar neste horário, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência. A votação se encerra às 17h.

O uso de máscaras será obrigatório e quem comparecer no local de votação sem ele não poderá entrar no local. Não será permitido o consumo de bebidas e alimentos na fila de votação. É recomendado ainda que o eleitor leve a sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

Ao entrar em sua respectiva seção eleitoral, o eleitor deverá ficar em frente à mesa respeitando a distância de pelo menos um metro. O eleitor deverá exibir o seu documento ao mesário a distância, esticando os braços em direção a ele. No local será disponibilizado álcool em gel.

Caso o mesário não consiga fazer a identificação, ele poderá pedir que o eleitor dê dois passos para trás e abaixe rapidamente a máscara.

Na manhã de quarta-feira (11) foram divulgados os horários e locais onde passarão os ônibus autorizados pela Justiça Eleitoral para o transporte de eleitores. Partidos e candidatos são impedidos de transportar eleitores no dia das eleições.

Veja abaixo a rota do transporte.