Operação Natalina: PM apreende arma, drogas e motocicleta em Buritis

Apreensão de arma de fogo, crime de trânsito e tráfico de drogas são algumas das ocorrências registradas pela Polícia Militar de Buritis na Operação Natalina no final de semana. A ação ocorre em todo o Estado com estratégias específicas para o Natal e fim de ano e visa oferecer mais segurança à população durante o período.

No primeiro registro, na noite de sexta-feira (18) a PM prendeu um homem de 35 anos de idade, por tráfico de drogas no distrito de São Pedro do Passa Três, distante 40 quilômetros de Buritis. Em um bar, os policiais abordaram o suspeito e com ele foram encontrados quatro papelotes de cocaína prontos para venda. Outro pequeno embrulho com a mesma substância também foi encontrado com ele. Os militares receberam informações de que o indivíduo vendia e voltava para casa para buscar mais drogas. Na residência foi encontrada mais uma porção de cocaína e uma moto. Segundo a PM, o veículo foi adquirido em leilão e não poderia estar em circulação, devido sua destinação ser para desmanche.

Na noite de sábado (19), após denúncia dando conta de que próximo a uma distribuidora de bebidas no Centro da cidade, um homem que estava recolhendo latinhas, chamou a atenção por causa de um volume na cintura aparentando ser uma arma de fogo. No local, ao perceber a presença dos policiais, o indivíduo tentou despistar entrando no estabelecimento. Segundo a PM, o homem de 31 anos, portava uma garrucha de fabricação caseira com um cartucho calibre 28. Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Civil em Unaí-MG.

Ainda na noite do sábado (19) a polícia registrou um acidente de trânsito sem vítima grave na rotatória próxima ao posto Rabello, no Centro da cidade. Uma caminhonete S10 foi atingida na lateral por um motociclista quando contornava o balão. Questionado pela polícia, o condutor afirmou que perdeu o freio e por isso não conseguiu evitar a colisão. Os militares identificaram que a motocicleta Honda CG de cor prata estava com a numeração de chassi raspada. O motociclista de 34 anos, alegou que a moto havia sido adquirida em um leilão, no entanto não foi apresentado documento e o veículo foi removido para o pátio do Detran-MG.

Os envolvidos foram submetidos ao teste do bafômetro para verificar se haviam feito uso de bebida alcoólica. O motorista da caminhonete não atestou uso de álcool, ao contrário do motociclista. O equipamento apontou 1,14 miligramas de álcool por litro de ar expelido, número muito superior ao permitido, que é de 0,05.

O motorista da caminhonete foi liberado. O motociclista foi encaminhado para a Unidade Mista de Saúde (Postão) e após receber atendimento médico foi levado para a delegacia de Polícia Civil em Unaí.