Operação policial apreende 21 carros clonados

Uma operação desencadeada pela Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar resultou na apreensão de 21 carros clonados nas cidades de Buritis, Chapada Gaúcha, Cabeceira Grande, Unaí e Paracatu. A operação Nomino, do latim dublê, teve início com a prisão de Ilco Gonçalves Branquinho e de seu filho Marcelo Vinicius Branquinho no dia 6 de março.

Pai e filho foram presos com três carros clonados, um Palio, um Gol e um Voyage, além de materiais utilizados para adulteração de sinais identificadores de veículos. Na delegacia de Unaí, a perícia técnica identificou os carros como produtos de crimes na região do entorno do Distrito Federal. Um volkswagem Bora também foi apreendido com o filho de Ilco, em Palmital, distrito de Cabeceira Grande.

As investigações da operação levaram a polícia até uma quadrilha que vinha atuando na região do entorno do DF desde outubro de 2011. Cada criminoso tinha tarefas distintas. Um grupo era responsável pelo roubo dos carros, incluindo uso de arma de fogo e casos de sequestros relâmpago. Outro era encarregado da adulteração da identificação do carro, enquanto os demais se dividiam nas tarefas de providenciar placas clonadas, impressões de documentos falsos e da venda dos produtos acabados como faziam Ilco e Marcelo no noroeste mineiro. Marcelo ainda cobrava R$ 1.050,00 para fornecer o documento – CRLV anual, a fim de que o “cliente” não tivesse qualquer problema com a fiscalização de trânsito.

Os compradores desses carros, bem como Marcelo e Ilco, irão responder pelos delitos de receptação qualificada, cuja pena vai de 3 a 8 anos de reclusão e multa, além de uso de documento falso, cuja pena vai de 2 a 6 anos de reclusão e multa.

O delegado de Unaí, Marcos Tadeu, um dos responsáveis pela operação, informou que foram apreendidos 3 carros em Buritis, 9 em Unaí, 3 em Chapada Gaúcha e 2 em Paracatu. “Mais uma vez, a dedicação e profissionalismo dos policiais de Unaí foram fatores decisivos nessa apreensão histórica de veículos produtos de crime no noroeste mineiro que até então nunca tivera algo deste porte”, destacou.

Relação de veículos apreendidos:

– 07 Fiat Strada
– 04 VW Voyage
– 02 VW Gol
– 02 Toyota Hilux
– 01 VW Bora
– 01 Hyundai i.30
– 01 Honda Civic
– 01 GM S-10 Executive
– 01 Fiat Palio
– 01 Fiat Linea