Buritis contra o crack: Manifestação pela paz e pela família

LOGO-Buritis-Contra-o-CrackNa manhã de quarta-feira (26) centenas de pessoas participaram de uma caminhada realizada pela campanha ‘Buritis contra o crack’. Alunos de escolas municipais, estaduais e particulares fizeram cartazes e faixas se manifestando contra o uso de drogas. Estiveram presentes no evento o prefeito de Buritis João do Caixão, autoridades policiais, vereadores, secretários municipais, empresários e representantes religiosos.

O prefeito vestiu a camiseta da campanha ao lado da primeira dama Rosângela Moura e disse se sentir solidário às famílias que sofrem com parentes e amigos dependentes químicos. “O Governo Municipal reconhece o grave problema que o crack tem provocado e não medirá esforços para intensificar o combate às drogas em Buritis”, afirmou João do Caixão, que caminhou ao lado do padre Régis, um dos idealizadores do movimento.

Em várias partes da cidade foram colocadas pedras com os dizeres “Buritis contra o crack, tire essa pedra da sua vida”. Ao final da marcha, o coordenador da Pastoral da Sobriedade Josias Fernandes agradeceu aos participantes que se engajaram apoiando a causa. Segundo ele o objetivo da campanha foi conscientizar a população – principalmente os jovens, sobre a importância da prevenção e o tratamento e recuperação dos dependentes químicos.

De acordo com a Polícia Militar de Buritis, o tráfico de drogas é responsável hoje por grande parte da criminalidade na cidade, pois o usuário acaba praticando atos criminosos como roubos, furtos e assaltos para sustentar o vício.

Dentre todas as outras drogas, o crack se apresenta como a mais destrutiva, com fácil acesso e efeito destruidor. Segundo Ivanildo Quintal, presidente do COMAD (Conselho Municipal Antidrogas), os entorpecentes tem levado muitos usuários – na grande maioria jovens, ao caminho da dependência, que sem tratamento adequado se mostra uma barreira intransponível e sem volta.