Polícia do Meio Ambiente realiza operação de combate à venda irregular de carvão

Entre os dias 25 a 27 de julho foi realizada em Buritis e Formoso a Operação de Combate a Supressão Vegetal, que fiscalizou mercearias, mercados, supermercados e açougues. Foram apreendidos 318 kg de carvão, aplicados oito autos de infração no valor de R$ 6 212,55 e apreendidas duas espingardas de fabricação caseira e munições.

Comandada pelos policiais militares da 16ª Companhia Polícia Militar Independente de Meio Ambiente e Trânsito, o objetivo da operação foi verificar a situação ambiental referente à venda, armazenamento, depósito, origem, essência e outras irregularidades do carvão comercializado.

Por serem infrações administrativas, os autuados não foram presos e deverão comparecer ao órgão ambiental competente para regularizar a situação. Apenas um autuado ficou orientado a comparecer na Delegacia de Polícia Civil de Buritis para prestar esclarecimento por armazenar carvão vegetal sem nota fiscal.

Em uma carvoaria da região dois homens assumiram a propriedade das armas de fogo, mas não possuíam registro nem porte do armamento. Eles foram presos e conduzidos até a Delegacia.

Foi constatado durante a fiscalização que a maioria do carvão apreendido é procedente de Goiás e Distrito Federal. Todo carvão foi encaminhado ao viveiro do Instituto Estadual de Florestas – IEF.

Fotos: Polícia Militar do Meio Ambiente e Trânsito