Febre da caçada aos pokémons se espalha em Buritis

Fenômeno mundial, o aplicativo do jogo Pokémon Go foi lançado no Brasil na quarta-feira (4) e já é o assunto mais comentado das redes sociais brasileiras. Os buritisenses não ficaram de fora. Apenas um dia depois do lançamento, a meninada já estava nas ruas da cidade à caça dos monstrinhos virtuais.

A Praça da Juventude foi o ponto de concentração para um grupo de amigos, que melhoram a pontuação a medida que “capturam” o maior número possível de pokémons. O game foi desenvolvido pela empresa Nintendo nos anos 90 e agora ganhou as telas dos smartphones com tecnologia avançada. A dinâmica do novo jogo é bem parecida com o anterior: caçar, capturar e treinar todos os 151 pokémons. O grande diferencial é que os jogadores hoje precisam levantar do sofá e andar pelas ruas da cidade na caça das criaturas.

O servidor público Higor Pimentel, de 26 anos, está aproveitando as férias para se divertir com o aplicativo que para ele é bem nostálgico. “Pra quem assistia o desenho sabe que na época o jogo era de difícil acesso e não envolvia realidade aumentada. Agora temos essa oportunidade de matar a curiosidade sobre como seria se os monstrinhos existissem”.

O display interativo que usa a realidade aumentada e GPS para levar os pokémons até o mundo real tem um mapa de localização e ao encontrar um pokémon é acionada a câmera do smartphone permitindo o jogador simular cenas com os bichinhos capturados.