Justiça embarga 28ª Exposição Agropecuária de Buritis

Uma liminar expedida na tarde de quarta-feira (31) pela juíza Paula Roschel Husaluk suspendeu a 28ª Exposição Agropecuária de Buritis que seria realizada entre os dias 31 de maio e 03 de junho. A decisão atendeu uma solicitação do Ministério Público que pedia a não realização do evento, devido a falta de laudos que comprovem a regularidade e segurança do local.

A decisão apontou que até o final da tarde de quarta-feira o evento não tinha o alvará de Licença para Localização e Funcionamento expedido pela Prefeitura de Buritis, o Alvará de Vigilância Sanitária e o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

O ofício informou ainda que desde fevereiro de 2017 a Polícia Militar solicitou informações essenciais para os órgãos de segurança pública e não receberam respostas por parte dos organizadores.

Diante das irregularidades do evento e o não cumprimento das solicitações realizadas pela Polícia Militar e o Ministério Público, a festa foi embargada até que se apresentem os documentos necessários. Na decisão está fixada uma multa diária no valor de R$ 150 mil caso o evento seja realizado.

Segundo o promotor Diego Espindola Sanches o evento poderá ser regularizado caso as documentações sejam apresentadas. “Buscamos cumprir as normas básicas de segurança e alertar a população para o perigo de se realizar grandes eventos em locais mal estruturados para sediá-lo. Queremos evitar tragédias” enfatizou o promotor.

Decisão Judicial. PDF