Praça da Igreja Matriz está sem energia há um mês

Há um mês a praça da Igreja Matriz no centro de Buritis está sem iluminação. Responsável pela conta, a Prefeitura de Buritis informou que solicitou o desligamento do padrão de energia, e que tomou a medida como um corte de gastos públicos, repassando a obrigação para a igreja.

Segundo Luan Cordeiro, chefe de gabinete da Prefeitura, o desligamento do padrão foi requisitado em meados de agosto do ano passado, assim como de outras instituições. “O município está gastando cerca de R$ 70 mil em energia. Alguns órgãos e entidades que sofreram o corte na conta de luz, como a Rodoviária, Feira dos Produtores, Câmara Municipal e associações da zona rural, foram informados com antecedência e justificados sobre a iniciativa” afirmou.

De acordo com o padre Genilson Pereira Barbosa, o corte da energia aconteceu no dia 16 de janeiro e a diocese busca meios de transferir a conta para o paróquia. “Entramos em contato com a CEMIG e estamos encontrando dificuldades burocráticas para a transferência, mas estamos em busca da solução. Iremos assumir esse gasto, apesar do alto custo gerado para o orçamento da igreja”, avisou o pároco.

A Avenida Bandeirantes é uma das principais vias urbanas do município e comerciantes com estabelecimentos em frente à praça estão preocupados com a falta de segurança provocada pela escuridão. Durante esse período sem luz, a Igreja de Nossa Senhora da Pena, um dos principais cartões postais da cidade, foi assaltada duas vezes. A paróquia teve o cofre de ofertas arrombado nas duas ocasiões e todo o dinheiro foi levado.