Prefeito é afastado por ordem médica pela segunda vez

Em uma nota publicada na manhã de quarta-feira (20) a Prefeitura de Buritis informou o afastamento temporário do prefeito Dr. Keny Soares (PDT). Segundo o comunicado, o prefeito ficará afastado por 60 dias por motivos médicos.

O decreto de afastamento temporário foi enviado para a Câmara Municipal. Será realizada uma reunião extraordinária colocando em pauta a solicitação. Sendo aprovado, o vice Rufino Folador (PRB) assume o cargo como prefeito em exercício até 20 de abril.

Há mais de um ano Dr. Keny passa por tratamento médico. Em fevereiro de 2018 ele foi diagnosticado com um quadro de trombose de veia mesentérica superior. Foi recomendado pela angiologia o seu afastamento por 30 dias. Nesse período o prefeito fez tratamento anticoagulante no Hospital Santa Marta em Brasília.

Leia a nota na integra.