Dia D alerta população para o combate a dengue

Agentes de saúde, alunos e voluntários participaram, na terça-feira (19), do Dia D do combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O mutirão começou por volta de 7h30 com grupos separados em todos os bairros do município.

O objetivo é promover uma grande varredura de retirada e eliminação de criadouros, além de orientar a população para que faça da terça o dia de combate aos focos do mosquito.

“Devido ao número alto de notificações suspeitas de dengue neste ano, vimos a necessidade de fazer uma ação que olhasse os focos mais de perto. Montamos grupos em todos os bairros para ir de casa em casa e nos lotes vagos. O intuito é sanar a dengue em Buritis que tem assustado a população” alertou a coordenadora de epidemiologia Franciele Alves.

Além das escolas a secretaria convocou igrejas, empresários e a sociedade para essa mobilização. No bairro Taboquinha, alunos da Escola Municipal João Joaquim Ramos saíram pelas ruas com sacos plásticos e luvas recolhendo lixos. Segundo o balanço da pasta de Saúde, o bairro tem o maior número com foco de dengue.

“Estamos encontrando muitas latinhas, garrafas, brinquedos, sapatos e papeis de balas. Estamos recolhendo, colocando nos sacos e os caminhões de coleta passam para retirar esse material. Essa é a nossa forma de ajudar no combate a doença” explicou a aluna Tayná.

O momento foi de limpeza e conscientização com abordagens educativas. Usando panfletos, faixas e cartazes, os grupos fizeram o trabalho de varredura e alertaram os moradores e comerciantes sobre os criadouros do mosquito e os sintomas da dengue.

A Secretaria de Obras disponibilizou veículos para o recolhimentos de entulhos que os moradores dispuseram em frente as suas residências nos dias 19 e 20 de março.