Preso suspeito de matar policial federal aposentado na zona rural de Buritis

Edmar Xavier da Silva, de 36 anos, foi preso pela Polícia Militar (PM) no final da tarde de terça-feira (09). O trabalhador rural é apontado como suspeito de envolvimento no assassinato do policial federal aposentado Moacyr Ferreira da Silva, de 63 anos. Edmar era caseiro da vítima e foi preso no distrito de JK, município de Formosa-GO.

O crime ocorreu na segunda-feira (08) na Fazenda Veredas do Buriti, próximo a Serra Bonita, distante 55 quilômetros do centro de Buritis. Moacyr era proprietário da fazenda e seu corpo foi encontrado dentro de uma vala com uma perfuração na nuca provocada por disparo de arma de fogo.

De acordo com a PM, a prisão de Edmar foi realizada após buscas na região com o apoio da Polícia Militar (PM-GO) e Polícia Civil de Goiás (PC-GO). Com ele os policiais apreenderam uma arma e um caderno de anotações. Edmar foi conduzido para a delegacia de Unaí para prestar depoimento.

Segundo a Polícia Civil, um segundo suspeito de ter envolvimento no crime foi identificado e está sendo procurado. O homem teria sido contratado pelo policial federal aposentado na sexta-feira (05) para consertar uma cerca na propriedade rural. O suspeito fugiu com uma Toyota Hilux da vítima em direção à Brazlândia-DF. O veículo foi encontrado queimado.

Moacyr Ferreira da Silva

Ainda segundo a PC, Moacyr Ferreira da Silva procurou a Polícia Militar na quinta-feira (04) e registrou um boletim de ocorrência, informando ter sido ameaçado por Edmar Xavier. O policial federal aposentado alegou que, na véspera, dispensou Edmar e pediu que ele assinasse o aviso prévio, dando um prazo para que ele deixasse sua propriedade. Edmar não teria aceitado e disse que “iria acertar as contas” com ele.

A esposa da vítima relatou aos policiais militares que ele saiu na manhã de segunda-feira (08) acompanhado de um homem para consertar uma cerca. Depois voltou para a sede da fazenda dirigindo a Hilux para buscar o almoço e não retornou.

O delegado Edvan Luiz Silva Nogueira, da Polícia Civil de Unaí, informou que as investigações vão prosseguir com o intuito de saber a real motivação do crime e consequentemente prender o segundo suspeito.

Moacyr Ferreira era lotado em Goiânia-GO e se aposentou há sete anos. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Unaí.

Relembre: Policial federal aposentado é morto na zona rural de Buritis