Prefeito prorroga decreto e não adere Onda Roxa do Minas Consciente

Na quinta-feira (4) o Executivo de Buritis publicou um novo decreto que estabelece o modelo de funcionamento do comércio visando conter o aumento dos casos de Coronavírus (Covid-19). Com poucas mudanças, o decreto que perderia vigência na sexta-feira (5) foi prorrogado por mais 15 dias.

Dentre as principais deliberações contidas no documento está a que determina o horário de funcionamento de estabelecimentos considerados não essenciais que ficarão obrigados a funcionar das 07h até às 20h.

Para os bares, lanchonetes, lojas de conveniências e similares, fica mantida a retirada de mesas e cadeiras do ambiente. Esses estabelecimentos podem trabalhar com o sistema drive-thru o qual o cliente chega no estabelecimento e retira o produto. Essa modalidade está autorizada das 08h às 20h.

O delivery – aquele em que o cliente recebe em casa o pedido, tem dois horários de funcionamento. De domingo a quinta-feira até às 00h, e sexta, sábado e feriados até às 22h.

O estabelecimento comercial que não seguir as recomendações poderá ser notificado e se houver reincidência, será aplicada multa, podendo também ter o alvará de funcionamento suspenso por 10 dias.

Com a prorrogação deste decreto, o prefeito Dr. Keny Soares não aderiu à Onda Roxa, uma nova fase do Programa Minas Consciente criado pelo Governo de Minas Gerais que impôs uma série de restrições rígidas a 60 municípios do Triângulo do Norte e da região Noroeste, a qual Buritis pertence.

Esse conjunto de medidas do executivo estadual foi publicado na quarta-feira (3) pelo Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar os indicadores da doença no estado. A Onda Roxa impõe restrições severas, inclusive o toque de recolher entre às 20h e 05h.

Dr. Keny disse ser contra restrições que gerem prejuízos ao comércio e coloque em risco o emprego das pessoas. No entanto, o chefe do executivo buritisense faz um apelo à população para que seja respeitado o decreto e todas as orientações sanitárias seguidas, como o uso de máscara, higienização frequente das mãos e evitar aglomerações.

“Não queremos prejudicar a economia do nosso município e os empregos. Mas também nós temos que ter o zelo e o cuidado com a saúde dos nossos munícipes. Pedimos a população e nossos comerciantes que usem a máscara, mantenha o distanciamento físico, higienize com álcool em gel para que não seja preciso tomar medidas mais rígidas” ressaltou Dr. Keny Soares.

Relembre: Publicado novo decreto com medidas de combate à Covid-19 em Buritis