Polícia Militar alerta para onda de golpes por WhastApp

A Polícia Militar em Buritis alerta a sociedade sobre a recorrência de casos de golpes por Pix. Em entrevista à rádio Clube FM 91.9, o Sargento Cleiton explicou a maneira como os criminosos têm agido em Buritis. Segundo o militar, o contato inicial se dá através do aplicativo de conversas WhatsApp. O estelionatário se passa por parente da vítima e requisita o envio de uma quantidade em dinheiro por transferência via Pix.

Somente na quinta-feira (9) a polícia registrou dois casos semelhantes ao citado. Em um deles, a vítima acabou enviando ao golpista o valor aproximado de R$ 10 mil reais acreditando estar atendendo ao pedido de um filho. A orientação da PM é que, em contatos suspeitos, principalmente de número novo ou estranho, é preciso sempre ter desconfiança.