Produtores rurais usam aplicativo contra a criminalidade

Produtores rurais de Buritis aderem as redes sociais como escudo contra a criminalidade na zona rural do município. Através de aplicativo especializado e grupos de mensagens os fazendeiros poderão ter um contato direto com a polícia, diminuindo o tempo de ação de combate.

O Sindicato dos Produtores Rurais de Buritis atento a situação agravante convocou uma reunião na quinta-feira (5) junto a Polícia Militar e autoridades municipais a fim de sanar o problema. Durante a reunião foram pontuadas as necessidades emergentes dos produtores, assim como do comando militar para encontrar a solução consistente aos interessados.

Segundo o Capitão Vargas o aplicativo trará uma comunicação em tempo real e haverá uma análise de perfil para realizar o cadastro. “Teremos o cadastro das fazendas, com mapa de localização e através da rede o proprietário poderá informar instantaneamente o ocorrido. Certamente a ação da polícia será otimizada” informou.

Para Marcelo Gaia Lopes, presidente do Sindicato, o aplicativo e os grupos de mensagens são passos importantes para reduzir a criminalidade. “O aplicativo será criado e patrocinado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (FAEMG). Dentro de um mês os produtores poderão apreciar da tecnologia que é a nossa aposta como uma arma de segurança, ao lado das medidas já tomadas pelos fazendeiros” afirmou.

Segundo os fazendeiros, os criminosos visam o roubo de gado, máquinas e defensivos agrícolas. No caso mais grave registrado, criminosos ameaçaram de morte funcionários da propriedade rural. “Precisamos estar atentos a todas as movimentações, informar a polícia e assim colaborar com o trabalho de prevenção militar” explicou o produtor rural, Paulo Konzen.

Fotos: Marcilei Farias